IGestor – Gerenciamento e redução de custos em viagens corporativas

471

Written by:

Casablanca lança ferramenta de Businnes Inteligence que permite gerenciamento e redução de custos com viagens corporativas

A Casablanca Turismo, com o intuito de ampliar soluções estratégicas para os clientes, lançou o IGestor, uma plataforma digital que permite mais eficiência no controle e acompanhamento de viagens corporativas. Essa plataforma funciona como um portal de relatórios para melhorar a gestão de viagens das empresas cearenses.

Ampliando o poder de análise dos executivos nas empresas, o IGestor surge como uma ferramenta de Business Inteligence, uma alternativa dinâmica e eficaz, desenvolvida a partir de uma ampla pesquisa, realizada em 52 empresas de vários países. A Casablanca Turismo foi buscar as práticas mais modernas para garantir dados mais específicos que permitem reduzir os custos nesse segmento.

O portal corporativo iGestor exibe para o cliente, em tempo real, dados como relatórios sobre ticket médio, antecedência de viagens,  gastos por categoria de produto e serviços como hospedagem, bilhetes aéreos ou locação de veículos.

 

O que é gestão de viagens

O gerenciamento de viagens corporativas é uma atividade cada vez mais importante e estratégica no mercado globalizado. Uma modalidade de gestão que direciona e monitora os recursos empregados em viagens nas empresas. Isso possibilita maior controle sobre as despesas e o acompanhamento dos viajantes de forma mais eficaz.

Em uma organização, os gastos com viagens podem representar a segunda maior despesa. E num momento econômico delicado, a redução de custos pode ter uma importância significativa dentro do orçamento geral planejado.

Entre os principais objetivos da gestão de viagens estão, entre outras coisas:

·         Estabelecer uma política permanente de viagens.

·         Garantir o equilíbrio entre as necessidades de viagem dos funcionários com os objetivos da empresa.

·         Potencializar os recursos aplicados.

·         Controlar e acompanhar os custos.

·         Negociar descontos com fornecedores (hotéis, companhias aéreas, empresas de receptivo).

·         Oferecer confiança e tranquilidade aos funcionários viajantes, com a implantação de tecnologias adequadas.

 

Sobre o setor

O segmento de viagens corporativas ou turismo de negócios é um dos mais promissores do País. Segundo a Agência Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), a cada ano o setor apresenta altas significativas nos números em vendas de viagens.

As viagens corporativas estão em todos os segmentos da economia. Pequenas, médias e grandes empresas têm, entre suas atividades, oportunidades de fazer negócios e capacitações em vários locais para onde precisam deslocar seu pessoal. Isso vale para a alta diretoria e para os demais colaboradores. Estudos apontam que a administração de viagens pode se configurar como o segundo maior custo anual dentro de uma corporação, perdendo apenas para salários e benefícios. Esses gastos, se não forem bem equilibrados podem superar os investimentos em tecnologia e imobiliário.

Perfil do viajante corporativo de acordo com o Ministério do Turismo

·         Possui ensino superior;

·         Tem poder aquisitivo elevado;

·         Gasta mais na comparação a outros setores;

·         Permanece no destino de 4 (turista doméstico) a 8 dias (turista internacional);

·         Representante oficial de empresas e organizações;

·         Exige praticidade, atendimento e equipamentos de qualidade.

Last modified: novembro 4, 2017

Comments are closed.