Economia compartilhada reduz custos nas viagens corporativas

105

Written by:

A economia compartilhada é um novo modelo aplicado a vários serviços em todo o mundo. O principal deles é o transporte público.

Com o uso de aplicativos, conectados à internet, os viajantes podem partilhar corridas e veículos, reduzindo custos com deslocamento. O que se tem percebido é que essa passou a ser também uma prática comum entre os viajantes corporativos.

Segundo um estudo feito pela Chrome River, empresa global de gestão de despesas e soluções de automação, cerca de 75% das médias e grandes empresas contatadas, já estão aderindo aos serviços de economia compartilhada nas viagens de colaboradores, como Uber, por exemplo.

A pesquisa feita com 100 executivos de finanças de companhias com mais de mil colaboradores nos Estados Unidos, mostraram que as empresas que atuam com políticas de viagem, quase 80% permitem que os funcionários utilizem aplicativos de corrida compartilhada e cerca de 70% autorizam o uso de hospedagens alternativas.

Alan Rich, controlador da Chrome River, diz que as viagens corporativas e políticas de despesas devem ser suficientemente ágeis para abranger o turismo de negócios, que está sempre em transformação. Ele destaca que é interessante identificar grandes corporações adotando essa prática de serviços alternativos.

Mas ainda há resistências para esse novo modelo. O levantamento mostrou ainda que cerca de 17% das empresas ainda não permitem que seus colaboradores sejam adeptos desses métodos.

Os especialistas avaliam que os gestores de viagens corporativas mais antenados com o mercado e com as necessidades dos viajantes, já compreenderam que os funcionários têm cada mais utilizado os dispositivos móveis como tablets e smartphones.

Com isso, eles esperam melhores resultados no planejamento e na execução dos relatórios de despesas de viagem.

 
*Com informações do Panrotas

Last modified: Abril 10, 2019

Comments are closed.