Ticket médio: entenda por que está mais caro

92

Written by:

Um dos principais indicadores que influenciam na gestão de viagens corporativas é o ticket médio. Através dele pode-se ter uma mensuração mais adequada dos gastos que serão empreendidos com cada colaborador nas viagens da sua empresa. Fatores como o PIB do país, a oscilação monetária e o valor do combustível aéreo são variáveis que influenciam diretamente no preço final das passagens. 

Juntamente com o ticket, outro indicador fundamental para o planejador aéreo corporativo são as diárias médias dos hotéis. Com elas, consegue-se ter uma perspectiva factível para elaborar as melhores estratégias para otimizar uma viagem a negócios. 

Se em 2017 o ticket médio tinha dado uma caída no seu valor, favorecido pelo aumento do PIB registrado no ano anterior. A demanda por passagens aumentou, a oferta também, o que provocou com que o valor do ticket despencasse para o menor valor desde 2011, segundo a Agência Nacional de Aviação Comercial.

Já nos anos de 2018 e 2019 o cenário mudou. O combustível aumentou de preço, o dólar ficou mais alto em relação ao real, e, principalmente, ao efeito Avianca (a empresa reduziu bruscamente suas operações e está em recuperação judicial). Então, devido a esses fatores, a tarifa de bilhetes aéreos teve um índice de aumento de 30,9% entre abril do ano passado e abril deste ano.

A EXPLOSÃO DE PREÇOS E O EFEITO AVIANCA

tela de voos no aeroporto com voos cancelados

Se entre 2017 e 2018 tivemos um aumento de 1% nas tarifas, do ano passado até agora o valor percentual foi exponencialmente mais alto. E a diminuição das rotas feitas pela Avianca tiveram influência direta nisso, pois a demanda continuou a mesma mas a oferta passou a ser bastante reduzida, o que fez com que os algoritmos de preços estourassem a bolha dos preços. 

A estimativa é que a situação só comece a se normalizar quando a venda dos ativos da empresa for concluída. Espera-se que a médio prazo as ofertas de rotas interrompidas volte a ser normalizada novamente. 

COMO OTIMIZAR OS CUSTOS DA SUA VIAGEM CORPORATIVA

casal executivo viajando a negócios

Todo planejador deseja gastar o mínimo de forma a incrementar ao máximo o orçamento para as viagens de negócios de sua empresa. Para reduzir custos e expandir dividendos, melhorando o resultados, é fundamental ter um senso de antecipação e organização. 

A primeira tarefa a se fazer é pesquisar sempre o preço das passagens, pois com esse rastreamento pode-se identificar quando aparece alguma oferta ou promoção imperdível, que pode ser muito vantajosa para o seu empreendimento. Mesmo para além das promocionais, as passagens obedecem a uma certa sazonalidade, e nesse setor, os preços costumam ser, em geral, maiores no segundo semestre, na comparação com a primeira metade do ano. 

DESLOCAMENTOS TERRESTRES COMO ALTERNATIVA

empresário no ônibus utilizando o celular

Uma outra opção aos altos preços atuais do sistema de tráfego aéreo, são as passagens rodoviárias e aluguel de carro para as viagens de negócios. O preço geralmente é o principal atrativo, além da possibilidade de atender a lugares que não possuem bons aeroportos regionais, ou até mesmo em conjunto com as próprias viagens de avião. 

Colaboradores que precisam acessar a locais que são mais isolados e de acesso complicado, como em algumas regiões do Centro-Oeste e Norte do Brasil, principalmente na base do agronegócio, podem se beneficiar com a alternativa terrestre. 

O aluguel de carros também é uma ótima opção nesse caso. Muitas empresas hoje adotam esse sistema com seus colaboradores, e a vantagem é que além do deslocamento intermunicipal ou interestadual, o aluguel do veículo suprirá possíveis necessidades internas de deslocamento dentro da própria cidade em que ele ficará hospedado. Em muitos casos não dá para ficar dependendo só de transporte público e serviços de motoristas particulares (como táxis e aplicativos de passageiros). 

Não se recomenda, por questões de fadiga e cansaço, que as empresas estabeleçam deslocamentos terrestres de mais de 350 km para os seus colaboradores.

Uma boa gestão de viagens consegue reduzir em até 30% os custos da sua empresa nessa área, algo desejado por todo empreendedor. Planeje conosco as opções mais vantajosas de deslocamento para a sua viagem de negócios. Procure nossos serviços especializados e conheça mais como funciona e qual a melhor forma de gerenciar e reduzir os gastos.

Aproveitar as oportunidades que surgirem e estar sempre atento às mudanças de mercado são duas posturas essenciais para o gestor de viagens corporativas. A perspectiva futura é de que, num cenário de economia mais aquecida o país volte a crescer e que esses preços caiam, então, é crucial que o setor de viagens a negócios entenda essa demanda e consiga atendê-la bem.

 

 

Quer potencializar o desempenho da sua viagem e gerir suas passagens com o melhor custo-benefício possível?

Conte com especialistas da Casablanca Turismo para realizar todas as atividades necessárias para abrandar os custos com viagens da sua empresa. Ligue para a gente ou fale com nossos agentes.

Last modified: julho 12, 2019

Comments are closed.