Segurança das viajantes femininas: o que a empresa pode fazer?

66

Written by:

Todo viajante corporativo corre certos perigos em sua trajetória, mas as mulheres enfrentam riscos únicos, afinal, além de assédio sexual, elas podem também ser vistas como alvos mais frágeis por pessoas mal-intencionadas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Global de Viagens de Negócios (GBTA), 83% das mulheres afirmam ter experimentado um risco de segurança ou preocupação no ano passado enquanto viajavam a trabalho, mas apenas 53% delas reportaram essas experiências a seus gestores de viagens.

Esse estudo também apontou que somente 18% das políticas de viagens têm diretrizes específicas para a segurança das viajantes mulheres. Mas o que as empresas podem fazer a respeito? 

Explicar a cultura de alguns destinos que podem ser perigosos para elas, onde é desaprovado que façam coisas desacompanhadas, fornecer contatos de emergência e priorizar acomodações com segurança são alguns exemplos.

Veja abaixo as dicas que separamos para ajudar sua empresa a garantir uma viagem segura para suas colaboradoras!

Informações sobre o destino

As corporações precisam fornecer informações às viajantes sobre características do destino que estão visitando, como os costumes e tradições, entre outras. Conhecer a cultura local é essencial para o bom andamento dos negócios e para garantir a segurança da viajante. 

Em alguns países da Ásia, África e sobretudo nos países do Oriente Médio, a mulher é tratada de forma diferente de seus pares. Nesses destinos, visitar alguns locais sozinhas ou usar roupas com decotes, cores muito chamativas e até mesmo os cabelos soltos pode ser interpretado como forma de desrespeito ou ser até ilegal.

Pesquisar também quais as condições ideais para visitar pontos turísticos previnem surpresas desagradáveis e desconfortos desnecessários. Lembrando que essas informações devem ser transmitidas não apenas antes da viagem, mas principalmente durante.

Seguro de viagem

Garantir um seguro viagem para todos os viajantes da empresa é importante, mas para viajantes femininas é essencial. Além disso, não se esqueça de enviar antes do deslocamento uma versão eletrônica e outra impressa dos benefícios do seguro. Em seguida, oriente que elas compartilhem os detalhes também com membros da família.

Hospedagem

Ao escolher acomodações, optar por um hotel conhecido costuma ser mais seguro do que se hospedar em locais novos (por mais que pareçam ter uma segurança melhor). Alguns hotéis oferecem andares exclusivos para mulheres, então não hesite em perguntar antes de reservar. 

Informações sempre à mão

Muitas vezes, mesmo tomando todos os cuidados, um imprevisto ou situação desagradável pode acontecer. Nestes casos, conhecer os números de emergência e quais os procedimentos a serem tomados ajuda muita.

É aconselhável passar para suas viajantes a localização da embaixada ou do consulado do seu país mais próximo ao destino. Marque a opção de inscrever a viagem para receber alertas de segurança, assim a embaixada poderá entrar em contato com você em caso de emergência.

Outra dica é escrever o nome do hotel onde a colaboradora vai ficar hospedada, assim como da polícia local, da seguradora de viagem e de prestadores de serviços (locadoras de veículos, agentes de viagem e tradutores, por exemplo) e instruí-la a ter esses dados sempre à mão – não só no celular, mas impresso também.

Outra boa medida de prevenção é ter fotos do passaporte dela armazenadas na nuvem. Isso ajuda muito em caso de perdas ou extravios. 

Segurança cibernética e social

Instruir suas viajantes a não postarem informações sobre as próximas datas de viagem ou seu paradeiro em tempo real é importante. Garanta também que elas tenham acesso à internet durante toda a viagem. Por mais que não seja barato usar internet no exterior, é essencial para se comunicar facilmente, ainda mais em viagens a negócios.

Transporte

Certifique-se que suas viajantes não se desloquem sozinhas, ou que ao menos utilizem apenas transportes oficiais e de confiança.Oriente-as a jamais pegar transportes alternativos não-oficiais. Os condutores desses transportes por vezes podem não ter responsabilidade legal e não tem a quem responder pelos seus atos, o que pode levar a situações muito complicadas.

Outra opção é organizar junto à sua agência de viagem, horários de transfers para os locais em que a viajante terá compromissos. Além de maior tranquilidade com a pontualidade, ela terá uma maior segurança durante os deslocamentos.

 

Revise sua política de gestão de viagens e garanta mais segurança para suas colaboradoras! E se precisar de alguma ajuda nessas mudanças, conte com a gente! Teremos a maior disponibilidade em atendê-lo e indicar processos e ferramentas práticas e certeiras.

Conte com especialistas da Casablanca Turismo para realizar todas as atividades necessárias que competem à sua viagem corporativa. Ligue para a gente ou fale com nossos agentes.

Last modified: agosto 29, 2019

Comments are closed.